logo_grupo_escoteiro
Ramo Lobinho    Ramo Escoteiro    Ramo Senior    Ramo Pioneiro
Busca:

 

Escotismo

O Escotismo é um movimento educacional para jovens, com a colaboração de adultos, voluntários, sem vínculos político-partidários, que valoriza a participação de pessoas de todas as origens sociais, raças e crenças, de acordo com o Propósito, os Princípios e o Método Escoteiro concebidos pelo fundador, Baden-Powell.

Escotismo

PROPÓSITO DO ESCOTISMO
O Propósito do Movimento Escoteiro é contribuir para que os jovens assumam seu próprio desenvolvimento, especialmente do caráter, ajudando-os a realizar suas plenas potencialidades físicas, intelectuais, sociais, afetivas e espirituais, como cidadãos responsáveis, participantes e úteis em suas comunidades, conforme definido no Projeto Educativo da União dos Escoteiros do Brasil.

Escotismo

PRINCÍPIOS DO ESCOTISMO
Os Princípios do Escotismo são definidos na Promessa Escoteira, base moral que se ajusta aos progressivos graus de maturidade do indivíduo:
a) Dever para com Deus – Adesão a princípios espirituais e vivência ou busca da religião que os expresse, respeitando as demais.

b) Dever para com o Próximo – Lealdade ao nosso País, em harmonia com a promoção da paz, compreensão e cooperação local, nacional e internacional, exercitadas pela Fraternidade Escoteira. Participação no desenvolvimento da sociedade com reconhecimento e respeito à dignidade do homem e ao equilíbrio da Natureza.

c) Dever para consigo mesmo – Responsabilidade pelo seu próprio desenvolvimento.

MÉTODO ESCOTEIRO
O Método Escoteiro, com aplicação eficazmente planejada e sistematicamente avaliada nos diversos níveis do Movimento, caracteriza-se pelo conjunto dos seguintes pontos:
a) Aceitação da Promessa e da Lei Escoteira:
Todos os membros assumem, voluntariamente, um compromisso de vivência da Promessa e da Lei Escoteira.

b) Aprender fazendo:
Educando pela ação, o Escotismo valoriza:
- o aprendizado pela prática;
-o treinamento para a autonomia, baseado na autoconfiança e iniciativa;
- os hábitos de observação, indução e dedução.

c) Vida em equipe, denominada nas Tropas “Sistema de Patrulhas”, incluindo:
- a descoberta e a aceitação progressiva de responsabilidade;
- a disciplina assumida voluntariamente;
- a capacidade tanto para cooperar como para liderar.

d) Atividades progressivas, atraentes e variadas, compreendendo:
- jogos;
- habilidade e técnicas úteis, estimuladas por um sistema de distintivos;
- vida ao ar livre e em contato com a Natureza;
- interação com a Comunidade;
- mística e ambiente fraterno.

e) Desenvolvimento pessoal com orientação individual considerando:
- a realidade e o ponto de vista dos jovens;
- a confiança nas potencialidades de cada jovem;
- o exemplo pessoal do adulto;
- Seções com número limitado de jovens e faixa etária própria.

Escotismo

RAMOS
O Escotismo está organizado em Ramos, que se distinguem por programas e atividades diferentes, dentro da mesma metodologia escoteira:

a) Ramo Lobinho, para meninos e meninas de 7 a 10 anos, indistintamente denominados lobinhos, (neste P.O.R);
b) Ramo Escoteiro, para rapazes e moças de 11 a 14 anos, indistintamente denominados escoteiros,( neste P.O.R.);
c) Ramo Sênior, para rapazes e moças de 15 a 17 anos, indistintamente denominados seniores, (neste P.O.R).;
d) Ramo Pioneiro, para rapazes e moças de 18 a 21 anos (incompletos), indistintamente denominados pioneiros.

P.O.R.
Nestes intervalos abertos, a passagem de um Ramo para o seguinte pode ser feita quando o lobinho contar de 10 a 11 anos, o escoteiro de 14 a 15 anos e o sênior de 17 a 18 anos, levando em conta as características individuais de cada criança ou jovem.

Escotismo

Calendário

Outros eventos
logo_tempo
Previsão do tempo
Acompanhe as principais cidades

 

 

grupo

 

HOME | NOSSA HISTÓRIA | QUEM É QUEM | ÁLBUM DE FOTOS | PROJETOS | DOWNLOADS | CADASTRO | CONTATO

 

 

Parceiros Escoteiros do Brasil Scoutface

 

Grupo Escoteiro São Marcelino Champagnat 111 PR
Rodovia dos Minérios, 376 - Tranqueira, Almirante Tamandaré - PR (Recanto Santa Maria)